VÍDEO: Tempestade em forma de redemoinho é registrada no céu de Itamaraju; ventos podem atingir 118 km/h

Por TV Bahia


Moradores registram formação de ciclone no município de Itamaraju, no extremo sul da BA

Moradores registram formação de ciclone no município de Itamaraju, no extremo sul da BA

Uma tempestade em forma de redemominho foi registrada na cidade de Itamaraju, no extremo sul da Bahia, na tarde de terça-feira (20). Imagens feitas por moradores mostram o redemoinho no céu com nuvens cinzentas. [Assista vídeo acima]

Em um dos vídeos, a mulher que registra as imagens conta que a cidade já foi atingida por chuva de granizo, e desta vez foi atingida por um fenômeno da natureza raro de acontecer no município. O fenômeno foi visto distante no céu, e não chegou a causar estrago na cidade.

Segundo especialistas, o sistema de baixa pressão provoca a circulação de ventos em redemoinho. O caso visto em Itamaraju foi formado na segunda-feira (19) e ganhou força no dia seguinte. Hoje, quarta-feira (21), ele está sendo caracterizado como “tempestade subtropical”, e foi nomeado pela Marinha do Brasil como Potira.

Ainda conforme a Marinha, ele está se afastando da Bahia e seguindo em direção ao oceano. Caso chegue a tocar o solo, os ventos podem atingir 118 km/h – quase 12 vezes mais que o comum, de 10 km/h – , e causar destruição.

Formação de ciclone foi registrada no céu de Itamaraju, no extremo sul da Bahia — Foto: Reprodução/TV Bahia

Formação de ciclone foi registrada no céu de Itamaraju, no extremo sul da Bahia — Foto: Reprodução/TV Bahia

Facebook Comments


This will close in 20 seconds