Covid Tour: CPI vai investigar viagem de filho de presidente a Israel


A viagem de uma comitiva brasileira a Israel, que teve como um dos integrantes o deputado Eduardo Bolsonaro, será um dos temas investigados pela CPI do Senado. No roteiro de investigação acertado entre os senadores que irão compor a comissão, a viagem é tratada com reticências. Literalmente. O tema 14 do roteiro tem como título “Viagem a Israel para…”.

Comitiva brasileira desembarca em Israel durante viagem oficial — Foto: Ministério das Relações Exteriores/Reprodução

Comitiva brasileira desembarca em Israel durante viagem oficial — Foto: Ministério das Relações Exteriores/Reprodução

A CPI vai requerer ao Ministério de Relações Exteriores documentos para entender os objetivos e o resultado da viagem, que ficou conhecida como Covid Tour. Os parlamentares querem saber o custo, checar os relatórios de viagem e o resultado obtido, além das reuniões realizadas.

Ernesto Araújo é repreendido por não usar máscara em evento em Israel

Ernesto Araújo é repreendido por não usar máscara em evento em Israel

A “Covid Tour” foi realizada entre os dias 6 de 10 de março e , oficialmente, serviu para conhecer um spray nasal que está sendo desenvolvido por Israel. A comitiva tinha dez pessoas, entre elas Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, e ficou marcada pelo pito que o ex-chanceler Ernesto Araújo levou por não usar máscara num dos encontros (veja vídeo acima). Em solo israelense, os brasileiros foram obrigados usar máscaras e ficar em isolamento, medidas sanitárias recomendas pela ciência, mas que no Brasil são sistematicamente sabotadas pelo governo Bolsonaro.

Eduardo Bolsonaro reclama da imprensa sobre cobertura do uso de máscaras por comitiva
Eduardo Bolsonaro reclama da imprensa sobre cobertura do uso de máscaras por comitiva
Fonte/G1

Facebook Comments


This will close in 20 seconds