Vereador Flavinho: Projeto de lei institui como atividade essencial o funcionamento das igrejas e denominações religiosas durante a pandemia

Aconteceu na noite de terça-feira (16/03), mais uma sessão ordinária na Camara de Vereadores de Itamaraju, onde diversos projetos, pedidos de providencia e indicações foram apresentados a casa de poder através dos parlamentares.

Entre os projetos em pauta da sessão ordinária, destacamos o PL 04/2021, que foi encaminhado à comissão competente. O projeto de autoria do Vereador Flavio Silva(Flavinho), institui como atividade essencial o funcionamento das igrejas e denominações religiosas na cidade de Itamaraju.

O parlamentar explanou o projeto destacando a grande importância das igrejas na sociedade, e que em meio a pandemia que assola o mundo a população vem buscando refúgio e conforto através da fé, e que as igrejas vem sendo penalizadas por decretos absurdos que restringe a assistência religiosa a população, o projeto permite visitas das entidades religiosas a hospitais, pacientes caso sejam solicitados pela família, o projeto restringe as visitas e funcionamento das igrejas apenas quando apresente risco a vida.

Os templos, congregações e entidades religiosas, deverão limitar o números de fieis frequentes e seguir rigorosamente as determinações estabelecidas pelos órgãos de saúde. Uso da Máscara, Distanciamento, Álcool Gel entre outros.

Durante a sessão foi registrada a presença do Pastor Fabio Berto e Pb. Pedro Moitinho, que acompanharam os trabalhos realizados na casa legislativa. O projeto foi aprovado por unanimidade.

No final da sessão as autoridades eclesiásticas cumprimentaram os parlamentares, em seguida conversaram com o Vereador Flavinho, autor do projeto.

 

O parlamentar disse que o firme fundamento do mundo é a fé, ferramenta de transformação do mundo, finalizando completou dizendo que as igrejas vêm cumprindo um importante papel na sociedade através da anunciação da palavra de Deus, acolhimento e assistencialismo a sociedade sendo refúgio para os necessitados, encerrou.

Facebook Comments


This will close in 20 seconds